28/01/2016

CUIDADOS AO SER FIADOR!!!

O fiador garante a divida do devedor caso este não a satisfaça, ou seja, se o devedor não pagar, o fiador paga!

A fiança não sendo limitada, compreenderá todos os acessórios da divida principal, inclusive as despesas judiciais, desde a citação do fiador. Em outras palavras, se da divida, decorrer outra divida, o fiador será obrigado a pagar, ainda se necessário processo judicial, o fiador pagara as despesas judiciais também! Na maioria dos contratos estipula-se a fiança ilimitada.

Fiador
Também na maioria dos contratos é comum que o fiador abra mão de alguns direitos:
-exoneração da fiança: em nosso Código Civil, há um artigo que dispõe ao fiador de desistir de ser fiador sem carência de tempo do contrato, porém ficará responsável pela divida por dois meses após o aviso ao credor da desistência. O fiador que abre mão desse direito, não pode desistir da fiança nunca!!!
– beneficio de ordem: o fiador pode exigir que antes de lhe ser cobrada a divida, seja cobrada do devedor, contudo, o fiador que abre mão desse direito, não mais poderá exigir que o devedor seja cobrado antes dele. Geralmente os credores vão direto ao fiador cobrar a divida, pois estes já consignaram seu imóvel como garantia.

Ligue para (16) 3332-4714 ou (16) 99625-6879

E-mail: contato@rcpadvogados.com.br

Tire suas dúvidas com um de nossos advogados qualificados